A

Livros

O IMPERADOR NO EXÍLIO

Autor: Conde de Affonso Celso
Editora: Linotipo Digital

Editado em parceria com o Instituto Dona Isabel I - IDII, O livro trata dos últimos dias do Imperador D. Pedro II, desde a partida da Família Imperial até seu falecimento em Paris, em 1891; é dirigido à Princesa D. Isabel, pela ótica do Conde de Affonso Celso, filho do Visconde de Ouro Preto, último presidente do Conselho de Ministros do Império, durante a mudança de seu estado político, de crítico a apoiador inconteste do ilustre exilado, na época de um dos episódios mais vergonhosos da história brasileira.
Não trata do golpe que derrubou a Monarquia, é mais um testemunho da nobreza de caráter e dos valores éticos que orientavam aquele que foi o maior de nossos governantes, sustentado por dezenas de citações de vários personagens históricos.
Na 2ª parte, narra os esforços para o traslado dos restos mortais de D. Pedro II e da Imperatriz D. Thereza Christina para Petrópolis e narra ainda a história documentada dos esforços para a construção da estátua que homenageia o Imperador em Petrópolis, inaugurada somente 22 anos após seu exílio e 20 anos após seu falecimento, com a presença inclusive das mais altas autoridades da República.
É acompanhado por uma biografia do autor, resumida abaixo. Por ser uma obra do final do século XIX, tem linguagem da época, por isso inclui um glossário.

Autor

Affonso Celso de Assis Figueiredo Júnior, o Conde de Affonso Celso, teve seu título concedido pela Santa Sé. Acadêmico de prestígio e brilho, foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras, onde ocupou a cadeira nº 36. Teve dezenas de livros, ensaios e poemas publicados, entre os quais se destaca O Imperador no exílio; foi ainda advogado, formado em 1880 pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, e político, tendo sido eleito para quatro mandatos por Minas Gerais. Deixou a política para acompanhar o pai, que por sua vez acompanhara o Imperador no exílio. De início, ainda que à sombra do pai, membro do governo, era ligeiramente crítico. O divisor de águas em sua vida deu-se ao conviver com o Imperador no exílio, de quem tornou-se amigo, e quando pôde testemunhar sua envergadura, honestidade e preparo. Conduziu pessoalmente os esforços para a construção da estátua de D. Pedro II em Petrópolis.

Autor: Conde de Affonso Celso |240 pp. | 15 X 22 cm | R$ 49,90
ISBN: 978-85-65854-02-3 - CB: 97885 - Peso: 0,240 kg
Editora: Linotipo Digital
Acabamento: Capa dura - Laminação: Fosca - Capa: Papelão nº 15 - Miolo: Polen soft 80g
Categoria: História do Brasil
Assunto: Monarquia
Sinopse: A vida do Imperador D. Pedro II após o golpe que instalou a República no Brasil e a construção da estátua em Petrópolis.

 
Linotipo Digital Editora e Livraria Ltda.
Todos os direitos reservados - 2012
Facebook
Criação: Computação Gráfica e Design